Latest Posts

IPVA SP – Consulta e pagamento!

Os cidadãos do estado de São Paulo que possuem veículo automotor certamente sabem dos impostos que devem ser pagos para estar transitando legalmente pela ruas de onde moram, e o mais conhecido deles é o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA SP).

Portanto, se você tem carro ou moto e ainda não pagou o seu IPVA, fique atento! O atraso ou a falta de pagamento do imposto poderá resultar na aplicação de multas ou até mesmo no recolhimento do veículo. E para evitar este tipo de situação, basta consultar a tabela atualizada que é divulgada anualmente.

O conteúdo a seguir foi elaborado para ajudar especialmente para ajudar os motoristas de São Paulo que ainda tem dúvidas a respeito de como consultar a tabela ou sobre como pagar o seu IPVA. Portanto, se você se interessou, continue acompanhando o texto abaixo para tirar as suas dúvidas.

O que é IPVA SP

O IPVA SP é o imposto que incide sobre todo veículo que esteja circulando pelas vias e rodovias do estado da grande São Paulo. A cobrança deste tributo é feita em todos os estados do Brasil, porém os valores podem variar em cada um deles.

IPVA SP

E para ajudar a controlar a frota de veículos do estado, todos os anos é divulgada a Tabela IPVA SP. Nela contém as datas de pagamento o imposto de cada veículo emplacado em São Paulo, e a data exata para quitar a dívida é consultada através do final da sua placa.

O dinheiro arrecadado pela cobrança do IPVA vai diretamente para os cofres públicos do Governo, para que assim, possa ser investido em melhorias em todos os recursos do trânsito do estado. E se você ainda não sabe consultar a o seu imposto, basta acompanhar o tópico abaixo.

Como consultar o IPVA SP

Realizar a consulta do IPVA São Paulo é um procedimento importante e simples de ser feito. Basta acessar o site da Secretaria de Fazendo do estado (www.fazenda.sp.gov.br), informar os dados solicitados (RENAVAM e CPF/CNPJ do titular) e cilicar em Consultar.

Caso você esteja com o pagamento do IPVA SP pendente, será preciso se dirigir à alguma agência do Banco do Brasil, Bradesco, Itaú ou até mesmo casas lotéricas. O pagamento pode ser feito também pela internet para maior facilidade e comodidade dos motoristas.

Pagamento IPVA SP

Depois de ter realizado a consulta do seu imposto e notado algum débito pendente, será necessário realizar o pagamento IPVA SP. E se você não sabe como realizar este procedimento da maneira correta, basta seguir as dicas passadas neste tópico.

Antes de quitar a dívida, primeiro será preciso calcular o valor a ser pago, cálculo feito de acordo com a tabela FIBE. Nesta tabela consta os valores dos veículos com o decorrer do seu ano de fabricação e o ano que circula, sendo que estes valores são atualizados com o passar dos anos.

IPVA SP

Acesse também: https://twitter.com/Correia_Rafael2/status/892769216339881985.

Quem efetuar o pagamento do IPVA São Paulo dentro do prazo correto poderá desfrutar o desconto de 3% na taxa total. Também será possível pagar parceladamente, porém não será possível ter o desconto na alíquota.

Mais informações podem ser consultadas no site do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo ou na plataforma online da Secretaria de Fazenda do mesmo.

Conclusão

Agora que você conferiu estas valiosas informações a respeito do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores do estado de São Paulo, ficará muito mais fácil realizar a consulta e o pagamento do mesmo. Se possuir mais alguma dúvida, deixe o seu comentário logo abaixo.

Saiba como funciona o Prouni

O Programa Universidade para Todos “Prouni” é um programa do Governo Federal juntamente com o ministério da educação. Criado em 2004 o Prouni tem um principal objetivo de promover a educação a todos os estudantes que tem interesse em obter um diploma dentro de uma instituição de ensino superior.

O programa oferece bolsas de estudo integrais e parciais para todos os estudantes que fizeram a ultima edição do Exame Nacional do Ensino Médio e obtiveram uma pontuação agradável para passar em um dos cursos oferecidos, para isso veja a nota de corte especifica do curso que você tem interesse em realizar.

Abaixo você poderá ter conhecimento de todas as informações referente ao Programa. Por isso se você tem realmente interesse em fazer uma faculdade com 50% ou 100% de desconto leia atentamente os topicos a seguir.

Como funciona o Prouni

O processo seletivo do Prouni é composto por duas fases:


Processo regular – Neste processo poderá se inscrever todos aqueles candidatos que tenham realizado no anterior o Exame Nacional do Ensino Médio “ENEM” e que tenha obtido no mínimo 450 pontos na média em nota geral das provas e não ter zerado a redação.


Processo Remanescentes – Já nesse processo poderá realizar as inscrições os candidatos que tenham efetuados a inscrição porém não fora chamado na primeira turma, desta forma, terá uma nova formação de turma no processo seletivo do Prouni referente ao segundo semestre.


Neste caso também será preciso que o candidato tenha participado do Enem, a partir da edição de 2010, e que tenha obtido, em uma mesma edição do referido exame, média das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos e nota superior a zero na redação, correspondendo a aproximadamente metade dos acertos em cada prova.

Em ambos os processos as inscrições são gratuitas e efetuadas exclusivamente pela internet, por meio da página do Prouni.

Regras para participar do Prouni

Para se inscrever no Programa Universidade para Todos é preciso que o estudante tenha concluído o ensino médio e realizar a prova do ENEM. Feito isso, caso você queira estudar com bolsa integral você terá que apresentar uma renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio.

Prouni-2018

Caso você queira uma bolsa parcial, terá que comprovar uma renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até três salários mínimos.

Poderão se inscrever no Prouni 2018:

  • Professores da Rede Pública de Ensino;
  • Alunos de escolas públicas ou bolsistas em escola privada;
  • Pessoa portadora de alguma deficiência.

Confira por meio do site do programa todos os requisitos necessários para realizar a inscrição no Prouni.

Resultado Prouni 2018

O resultado do Prouni poderá ser verificado por meio do sistema de inscrição do Prouni. Para saber como obter o seu resultado Prouni 2018 individual, confira atentamente o passo a passo a seguir:

Prouni-2018

  • Acesse o site do PROUNI;
  • Clique na opção “Ver Resultado” no menu principal;
  • Insira o número da sua inscrição e senha utilizada na pagina do participante do ENEM;
  • Clique em “Entrar no Prouni”.

Por meio desse passo a passo você terá acesso ao resultado. Após saber essas informações não deixe de realizar a sua inscrição no Prouni assim que for aberta. Caso tenha alguma dúvida a respeito do que foi tratado acima deixe o seu comentário para que possamos esclarece-la o mais rápido possível. Boa Sorte.

Dicas para Financiamento das Universidades Privadas

Fies é uma sigla no qual significa Fundo de Financiamento Estudantil, onde esse programa foi criado pelo Ministério da Educação no intuito de financiar a universidade e curso escolhido pelo estudante que não tem condições de bancar a sua faculdade privada.

O programa é bastante concorrido ainda mais agora com essa crise que passa o país e com os cortes que o governo vem fazendo para suprir os rombos dos cofres públicos. São milhões de estudantes espalhados por todo território nacional se preparando para realizar a prova do ENEM com o objetivo de participar do FIES.

Para garantir seu financiamento o estudante tem que ter feito o ENEM do ano anterior ou qualquer edição a partir do ano de 2010. Os alunos devem sempre seguir as normas do MEC para obter o FIES, sendo que no ano de 2018 as regras devem mudar, a seguir você vai obter mais informações sobre as novas regras do FIES 2018.

Novas Regras FIES 2018

O Ministério da Educação vem anunciando em suas coletivas à imprensa no Palácio do Planalto, discutindo o novo Fies 2018, que será dividido em três modalidades e começa já no ano de 2018. O novo fundo de financiamento estudantil vai ter 310 mil vagas, da quais 100 mil a juros zero, para estudantes com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos.

O presidente da República, elogiou a reformulação do Fies, o Mec vem afirmando que o novo formato mostra o quanto a educação em nosso país é importante para o conhecimento e qualificação da população.

Fies 2018

Dentro das novas normas o Fies 2018 passará a ter juros de até 6,5% no valor da matrícula e novo teto de renda familiar para participar do programa. Os estudantes que estão tentando o financiamento precisam atender aos requisitos mencionados dentro desse artigo, caso contrário não será possível participar do mesmo https://plus.google.com/u/0/109381501213383519158/posts/BK163T2AJmH.

E também de acordo com estas mudanças, os cursos com notas 5 e 4 ofertarão um maior algarismo de vagas. Similarmente foi recomendado pela hall que haverá casos de antecedência para as regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste (exceto Distrito Federal) e em carreiras como engenharia, áreas da saúde e formação de professores.

Aditamento do Fies

Todo período é preciso que os alunos que foram beneficiados pelo financiamento do FIES, realizem um técnica para que possam revitalizar seu acordo.

O achega FIES 2018 é um processamento básico com alteração semestral, devendo ser realizado no inicio de cada período, para dessa maneira garantir o financiamento para o próximo período letivo.

Fies 2018

Nesse texto você pode acompanhar como é possível corporificar seu Fies achega sem ter dor de cabeça, basta seguir as nossas dicas e fique de atenção na data de adesão do FIES 2018, geralmente o tempo para pedidos para o primeiro período acaba em abril e Outubro para as pedidos do de acordo com período, porém os prazos são capazes de variegar.

Lembrando que se acontecer qualquer abertura em acontecer o achega FIES 2018 conseguirá acarretar na redução do vantagem, por isso não perca essa aberta. Ótima Sorte!

SISU – Saiba agora como se inscrever!

Conseguir uma bolsa de estudos em uma boa faculdade é o desejo de muitos estudantes que estão concluindo o ensino médio. E visando ajudá-los, o governo brasileiro criou alguns programas com o intuito de facilitar o ingresso nas Universidades de ensino superior do país, onde os mais conhecidos são o Prouni e o Sisu.

Estes dois programas foram criados com o mesmo propósito, porém ainda há algumas diferenças entre eles. No Prouni, as vagas de bolsas oferecidas são para as Faculdades privadas, enquanto no Sisu participam apenas Faculdades públicas. E vale lembrar que para concorrer a estas oportunidades, os estudantes precisam realizar a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O artigo a seguir foi elaborado especialmente para ajudar os interessados em conseguir uma vaga no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), portanto, se você é um deles, vale a pena conferir o conteúdo a seguir e não deixar nenhuma informação importante passar despercebida. Vamos lá!

Sisu, o que é?

 

O Sisu, para quem não conhece, é a sigla dada pra o Sistema de Seleção Unificada. Este é um método informatizado é administrado pelo Ministério da Educação (MEC) e a através dele, instituições públicas de ensino superior disponibilizam vagas em suas Universidades para os participantes do Enem.

Sisu

Ele possui apenas uma única etapa para que os estudantes possam estar se inscrevendo, onde ao efetuar a inscrição, o candidato deverá selecionar até duas opções de vagas vagas disponibilizadas pelas Universidades participantes do programa.

O acesso ao seus dados cadastrados é realizado utilizando as mesmas informações do cadastro do Enem (nº de inscrição e senha), por isto é muito importante não se esquecer.

Sisu Inscrição

 

Realizar o seu cadastramento Sisu é um processo muito simples, basta que o estudante tenha participado da última edição dom Exame Nacional do Ensino Médio. Deste modo, o mesmo precisará, apenas, informar os dados utilizados no momento da inscrição no Enem.

Todo o procedimento é feito de maneira online no site oficial do programa sisu.mec.gov.br, o que facilita ainda mais o acesso dos jovens estudantes. E ainda na plataforma é possível conferir uma série de informações a respeito do Sisu para não sobrar nenhuma dúvida a respeito do mesmo.

 

Após inscrito, você deverá selecionar duas opções de curso para estar concorrendo a uma vaga. Isto irá depender do resultado do programa e também da sua pontuação obtida no Enem.

Resultado Sisu

 

Assim que a sua nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio for divulgada, você poderá estar buscando alguns sites que calculam automaticamente as notas de corte. Deste modo, você poderá obter uma noção para saber se irá ou não conseguir uma boa chance para a vaga desejada.

SISU

Veja também: https://www.facebook.com/comosedarbemenem/posts/878465942305746.

E para consultar o resultado do Sisu será necessário acessar o site do programa e utilizar as mesmas informações constadas no momento de sua inscrição no Enem. Feito o login, você deverá escolher as opções disponíveis de acordo com as vagas que você deseja.

E vale lembrar que o cadastro no programa so poderá ser realizado apenas uma vez no ano, portanto é essencial ficar atento ao período de inscrições. Não vai querer perder esta oportunidade, não é mesmo?

Conclusão

O Sistema de Seleção Unificada, Sisu, veio para ajudar e favorecer os Jovens estudantes que não tem condições financeiras suficientes para pagar uma Faculdade Privada. Por isto é essencial que, assim que for divulgado uma nova edição do Exame Nacional do Ensino Médio, os estudantes não deixarem de estar se inscrevendo para concorrer a uma bolsa no programa.

Elaboramos este conteúdo com o objetivo de esclarecer todas as suas dúvidas. Mas caso ainda possua algum questionamento a respeito do Sisu, faça um comentário abaixo que responderemos em breve. Obrigado!