Educação

Estácio realiza feira de estágios e empregos em São José nesta quarta-feira

A Estácio São José realiza nessa quarta-feira, dia 8, das 10h às 20h30, a 3ª Feira de Estágios e Empregos do centro universitário. Instituto Euvaldo Lod (IEL), Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e Integra Estágios vão ofertar vagas para os estudantes e comunidade. A empresa PCD em Foco, de Florianópolis, especializada em aproximar pessoas com deficiência e empresas que investem na inclusão desses trabalhadores, também estará no local para ajudar a população nesse processo.

Orientações

Quem ainda não sabe qual é a melhor forma de preparar o currículo ou como se comportar durante entrevistas para aumentar as chances de ingressar no mercado de trabalho pode tirar suas dúvidas durante a palestra “Mercado de trabalho: você esta preparado?!”, que será ministrada por Leilane Mattos Perini, profissional de Recursos Humanos.

De acordo com Emanuelle Mello, coordenadora da feira, o objetivo é estreitar o contato dos alunos com profissionais e orientá-los para a vida profissional. “A feira pretende proporcionar aos nossos alunos um ambiente real para que possam interagir e serem estimulados em suas percepções em relação às suas carreiras e o mercado de trabalho”, afirma.

iel estágios

O evento ocorrerá no piso no térreo do campus, que fica na Avenida Leoberto Leal, 431, em Barreiros. O IEL MA Aluno É gratuito e aberto ao público. Os interessados devem levar currículo e documentos pessoais. Mais informações pelo telefone 3381- 8009.

SERVIÇO
O quê: Feira de Estágios e Empregos
Quando: 8 de novembro
Onde: Centro Universitário Estácio em São José, avenida Leoberto Leal, 431, Barreiros, São José
Quando: 10h às 20h30
Quanto: Gratuito
Informações: (48) 3381-8009

O quê: Palestra “Mercado de trabalho: você esta preparado?!”
Quando: 8 de novembro
Onde: Centro Universitário Estácio em São José
Endereço: Avenida Leoberto Leal, 431, Barreiros, São José
Horário: 19h
Quanto: Gratuito

Como se preparar para uma prova? Descubra agora!

Existem técnicas de estudo que sua eficiência é abalada pela ciência. Ao usá-los, você certamente se aproximará da possibilidade de passar todos os testes que você propor. O que está esperando? No artigo abaixo você poderá conferir ótimas respostas que irão te ajudar a tirar uma boa nota no vestibular.

Você quer manter sua memória para sempre o que aprendeu para um exame? Em seguida, evite estudar apenas 2 dias antes. Você pode mantê-lo em memória para esse dia específico, mas você esquecerá esse conhecimento tão rapidamente quanto você o memorizou.
No entanto, se você optar por organizar seu dia de estudo com o tempo dividindo-o em dias curtos, você verá que não só você fará melhor no exame, mas você adquirirá novos conhecimentos para toda a vida. O segredo é não se saturar com dias de maratona, mas dividir o estúdio com pausas e sempre rever antes de iniciar um novo tema.

Enquanto os exames podem ser sobre novos tópicos, eles estão sempre relacionados a algo que você já conheceu antes. É por isso que é importante encontrar um significado para o que você está estudando, tentando pensar sobre como se relaciona com as questões anteriores, buscando realmente processar e raciocinar a informação. Uma maneira de fazer isso é tentando explicá-lo para outra pessoa. Lá você verá se você realmente entendeu ou se você está se repetindo como um papagaio.

Estudar em vários lugares

A maioria dos estudantes geralmente estuda para um exame fechado em seu quarto. Mas pesquisas diferentes afirmam que é melhor variar o local onde estudamos. Isso é porque incentivamos o cérebro a formar novas associações em relação ao mesmo material de estudo. É uma maneira de afirmar nosso conhecimento na memória.

Como estudar

Existem muitos assuntos para estudar? Tente estudá-los ao mesmo tempo. Ou seja, dividi cada dia de estudo em diversos momentos para cada assunto. Desta forma, você evita a crise que as pessoas vivem quando tentam lembrar o que estudaram o primeiro dia e percebem que esqueceram muitas coisas. Use sua memória visual escrevendo as idéias mais importantes

Lembre-se de sua voz

Quando aprendemos de coração uma música, temos em mente a voz do cantor e a melodia que nos ajudam a lembrar suas palavras. Da mesma forma, você pode tentar gravar-se dizendo a lição e depois ouvi-la repetidamente. No dia do exame, você pode relacionar a questão com sua voz falando sobre isso. Supera o desgosto pela maneira como sua voz soa e experimente essa técnica.

Como estudar

Acesse: https://plus.google.com/u/0/107188480837512402949/posts/feKr86MEhZF.

Antes de ir dormir você pode querer fazer qualquer coisa, exceto estudar. Navegue no Facebook, leia a notícia do dia ou veja uma série. No entanto, pode ser uma boa ideia rever uma vez mais o que você aprendeu durante o dia. A ideia não é fundir seu cérebro, adicionando novas informações no último momento, mas para rever mais uma vez o que você já aprendeu.

A razão científica é que, à noite, seu cérebro reforça novos conhecimentos na memória, para que você possa motivar-se a fazer esse processo, lendo seu resumo uma última vez antes de mergulhar no sonho mais profundo.

Saiba quem pode participar do Bolsa Família

Criado pelo governo, o bolsa família é um programa de transferência direta para atender as famílias que se encontram em situação de extrema pobreza em todo País, sua criação foi com intuito de superar a situação de vulnerabilidade e pobreza . Em todo o Brasil, mais de 13,9 milhões de famílias são atendidas pelo bolsa família, programa busca garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde.

O Bolsa Família foi criado com o principal objetivo de combater a fome e promover a segurança alimentar e nutricional, combater a pobreza e outras formas de privação das famílias além de promover o acesso à rede de serviços públicos, em especial, saúde, educação, segurança alimentar e assistência social.

Abaixo você verá informações a respeito do Bolsa Família, por isso você que ainda não é cadastrado no programa social e que se cadastrar leia atentamente as informações a seguir.

Quem pode participar do Bolsa Família?

Somente pode participar do bolsa família, as famílias pobres que têm uma renda mensal de até R$ 77,00 por pessoa e as famílias pobres são aquelas que têm renda mensal entre R$ 77,01 e R$ 154,00 por pessoa, essas participam do programa, desde que tenham gestantes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos.

calendário do bolsa família

 

É necessário que a família esteja inscrita no cadastro único para programas sociais do governo federal, com seus dados atualizados para se cadastrar no programa Bolsa família. Caso a sua família se encaixe em uma das faixas de renda definidas pelo programa, você deve procurar o setor responsável pelo Bolsa Família na Prefeitura de seu município, de posse dos seguintes documentos:

  • Para o Responsável Familiar: CPF ou título de eleitor;
  • Para os demais membros da família: qualquer documento de identificação, como a carteira de identidade, CPF, título de eleitor, certidão de casamento ou nascimento, carteira de trabalho.

O cadastramento é um pré-requisito, mas não implica na entrada imediata das famílias no programa, nem no recebimento do benefício. Mensalmente, o ministério do desenvolvimento social e combate à fome seleciona, de forma automática, as famílias que serão incluídas para receber o benefício.

Benefícios Bolsa Família

Para saber se você foi incluído no programa bolsa família, consulte o responsável pelo programa programa na prefeitura de sua cidade ou consulte a lista de famílias beneficiárias. O programa conta com vários tipos de benefícios para enquadrar cada família a seu regulamento alguns deles citados abaixo:

  • Benefício Básico: concedido às famílias em situação de extrema pobreza (com renda mensal de até R$77,00 por pessoa). O auxílio é de R$ 77,00 mensais;
  • Benefício Variável: para famílias pobres e extremamente pobres, que tenham em sua composição gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças e adolescentes de 0 a 16 anos incompletos. O valor de cada benefício é de R$ 35,00 e cada família pode acumular até 5 benefícios por mês, chegando a R$ 175,00;
  • Benefício Variável Jovem: Destinado às famílias que se encontrem em situação de pobreza ou extrema pobreza e que tenham em sua composição adolescentes entre 16 e 17 anos. O valor do benefício é de R$ 42,00 por mês e cada família pode acumular até dois benefícios, ou seja, R$ 84,00.
  • Benefício para Superação da Extrema Pobreza: Destinado às famílias que se encontrem em situação de extrema pobreza. Cada família pode receber um benefício por mês. O valor do benefício varia em razão do cálculo realizado a partir da renda por pessoa da família e do benefício já recebido no programa bolsa família.

Se a sua família estiver entre as selecionadas você passa a contar com a ajuda do programa, o valor será de acordo com o tipo de benefício para o perfil de cada uma das famílias, você deve ficar antenado em qual perfil a sua família se encaixa para não haver duvidas na hora do recebimento.

calendário do bolsa família

É de extrema importância acompanhar o calendário do pagamento do seu beneficio o dia é definido a partir do último número do seu NIS, somente a partir desse dia é que você poderá sacar o seu benefício, antes disso ele não estará disponível. Observe no seu cartão o número e confira no calendário o dia que você irá receber em cada mês. Exemplo: Se o seu NIS termina em 4, no mês de janeiro você recebeu no dia 22/01, no mês de fevereiro foi no dia 19/02.

Já é possível acompanhar o pagamento do Bolsa Família pelo celular, que disponibilizam para todos os smartphones o aplicativo para ser baixado, além de ser rápido e prático oferece muitas vantagens para atender melhor o cidadão.

Veja como realizar sua inscrição vestibular UERJ

Com o encerramento das aulas do ensino médio, alguns estudantes escolhem da inicio a sua vida profissional com o diploma que receberam da academia. Ter o canudo do treino médio pode auxiliar o acadêmico a conseguir um emprego, porém frequentemente são empregos temporários e ele de modo algum sabe o dia no qual será degradado.

É por após dessa confusão que vários estudantes escolhem permitir continuidade aos estudos, apenas que agora, em uma escola de nível superior, a fim de se profissionalizar em uma determinada setor, os estudantes procuram as universidades para desenvolver uma ala sólida e bem remunerada.

Na procura pela vaga em uma instituição, os alunos começam a buscar as formas oferecidas pelas universidades, com intenção de se afiliar. Nesse artigo iremos orientar vocês como funciona a prova de um dos vestibulares mais concorridos do estado. Confira!

Vestibular UERJ

O vestibular UERJ 2018 é o essencial meio de inscrever-se na universidade, e funciona como o processamento de seleção para os novos estudantes. Visando um tanto mais o acadêmico da academia pública, o vestibular por não ser apontado um concurso público pode ser realizado similarmente por aqueles que contem antecedentes criminais.

O primeiro ciclo do vestibular de idade da Faculdade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), similarmente tragada de Exame de Apreciação, acontece no dia 17 de junho. Para abalroar uma das 5.316 vagas, é fundamental que o vestibulando entenda como funciona o processamento inflexível e saiba no que é necessário focalizar os pesquisas a pouco mais de um mês do exame.

Vestibular UERJ

Para avaliar o candidato, 3 áreas de conteúdo são abordadas em 60 questões com quatro opção: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (português e dialeto estrangeira), Ciências da Classe (biologia, química e física), Matemática e suas Tecnologias, e Ciências Humanas e suas Tecnologias (história e geografia). “O que desejaremos entender é se o nosso candidato possui agilidade e competências mínimas para andar o ensino superior”, afirma Maria Inez Mello Guimarães, assessora da direção do Seção de Seleção Acadêmica da faculdade.
Para o acadêmico que quiser uma nova aberta, é possível corporificar a segunda difusão da prova, no dia 16 de setembro, e ficar com a nota mais alta.

São várias opções Vestibular UERJ Cursos 2018, entre as quais destacam-se: Farmácia, Psicologia, Alimentação, Medicina, Matemática, Caracteres, Serviço Civil, Geografia, Engenharia Química, Cadastro, Estamparia Industrial, Meneio, Ciências da Computação, Ciências Contábeis, Enfermagem, Pedagogia Física, Direito, Jornalismo, História da Arte, entre outros. Para examinar a listagem completa de cursos, clique aqui.

Na última difusão do exordial, os cursos mais concorridos foram Medicina (92,84 por vaga), Jornalismo (33,22 por vaga), Relações Internacionais (32,88 por vaga), Estamparia Industrial (21,40 por vaga), Psicologia (20,89 por vaga) e Engenharia Mecânica (19,09 por vaga).

Como se inscrever no vestibular UERJ

A Faculdade Estadual do Rio de Janeiro está com inscrições abertas para o seu vestibular, a UERJ se destaca como uma das universidades mais prestigiadas do estado do Rio de Janeiro. Todos os anos, a faculdade aplica o seu exordial para encher novas turmas de alunos. A escola abrange sete municípios e possui mais de 28 mil estudantes matriculados nos dias de hoje.

A instituição recebeu solicitações para altivez na alíquota de adesão. Os candidatos interessados tiveram que preencher um abaixo-assinado no site oficial ou no laboratório de informática da faculdade. Similarmente foi necessário atestar a requisito de angústia socioeconômica.

As inscrições para o Vestibular UERJ 2018 estarão abertas em breve pois irão ser divulgadas através do calendário, os indivíduos que querem associar do processamento inflexível precisam acessar o site www.exordial.uerj.br e fazer uma conta gratuitamente. Após abarrotar o formulário com todas as informações solicitadas (dados pessoais e de contato), basta aplicar o boleto com a alíquota de adesão no valor de R$ 60,00 e acontecer o pagamento. https://www.facebook.com/comosedarbemenem/posts/876416825843991

Conclusão

Realizar o vestibular 2018 UERJ para concorrer a uma das vagas nas universidades constantemente é uma ótima escolha, uma vez dentro de uma faculdade, o aluno passara pela experiência profissional que vai provocar por toda a vida. Não há desvantagens no momento em que o aluno opta em inscrever-se em uma faculdade, permitir continuidade ao conhecimento de modo algum foi uma má ideia.

Saiba como funciona o Prouni

O Programa Universidade para Todos “Prouni” é um programa do Governo Federal juntamente com o ministério da educação. Criado em 2004 o Prouni tem um principal objetivo de promover a educação a todos os estudantes que tem interesse em obter um diploma dentro de uma instituição de ensino superior.

O programa oferece bolsas de estudo integrais e parciais para todos os estudantes que fizeram a ultima edição do Exame Nacional do Ensino Médio e obtiveram uma pontuação agradável para passar em um dos cursos oferecidos, para isso veja a nota de corte especifica do curso que você tem interesse em realizar.

Abaixo você poderá ter conhecimento de todas as informações referente ao Programa. Por isso se você tem realmente interesse em fazer uma faculdade com 50% ou 100% de desconto leia atentamente os topicos a seguir.

Como funciona o Prouni

O processo seletivo do Prouni é composto por duas fases:


Processo regular – Neste processo poderá se inscrever todos aqueles candidatos que tenham realizado no anterior o Exame Nacional do Ensino Médio “ENEM” e que tenha obtido no mínimo 450 pontos na média em nota geral das provas e não ter zerado a redação.


Processo Remanescentes – Já nesse processo poderá realizar as inscrições os candidatos que tenham efetuados a inscrição porém não fora chamado na primeira turma, desta forma, terá uma nova formação de turma no processo seletivo do Prouni referente ao segundo semestre.


Neste caso também será preciso que o candidato tenha participado do Enem, a partir da edição de 2010, e que tenha obtido, em uma mesma edição do referido exame, média das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos e nota superior a zero na redação, correspondendo a aproximadamente metade dos acertos em cada prova.

Em ambos os processos as inscrições são gratuitas e efetuadas exclusivamente pela internet, por meio da página do Prouni.

Regras para participar do Prouni

Para se inscrever no Programa Universidade para Todos é preciso que o estudante tenha concluído o ensino médio e realizar a prova do ENEM. Feito isso, caso você queira estudar com bolsa integral você terá que apresentar uma renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio.

Prouni-2018

Caso você queira uma bolsa parcial, terá que comprovar uma renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até três salários mínimos.

Poderão se inscrever no Prouni 2018:

  • Professores da Rede Pública de Ensino;
  • Alunos de escolas públicas ou bolsistas em escola privada;
  • Pessoa portadora de alguma deficiência.

Confira por meio do site do programa todos os requisitos necessários para realizar a inscrição no Prouni.

Resultado Prouni 2018

O resultado do Prouni poderá ser verificado por meio do sistema de inscrição do Prouni. Para saber como obter o seu resultado Prouni 2018 individual, confira atentamente o passo a passo a seguir:

Prouni-2018

  • Acesse o site do PROUNI;
  • Clique na opção “Ver Resultado” no menu principal;
  • Insira o número da sua inscrição e senha utilizada na pagina do participante do ENEM;
  • Clique em “Entrar no Prouni”.

Por meio desse passo a passo você terá acesso ao resultado. Após saber essas informações não deixe de realizar a sua inscrição no Prouni assim que for aberta. Caso tenha alguma dúvida a respeito do que foi tratado acima deixe o seu comentário para que possamos esclarece-la o mais rápido possível. Boa Sorte.

Dicas para Financiamento das Universidades Privadas

Fies é uma sigla no qual significa Fundo de Financiamento Estudantil, onde esse programa foi criado pelo Ministério da Educação no intuito de financiar a universidade e curso escolhido pelo estudante que não tem condições de bancar a sua faculdade privada.

O programa é bastante concorrido ainda mais agora com essa crise que passa o país e com os cortes que o governo vem fazendo para suprir os rombos dos cofres públicos. São milhões de estudantes espalhados por todo território nacional se preparando para realizar a prova do ENEM com o objetivo de participar do FIES.

Para garantir seu financiamento o estudante tem que ter feito o ENEM do ano anterior ou qualquer edição a partir do ano de 2010. Os alunos devem sempre seguir as normas do MEC para obter o FIES, sendo que no ano de 2018 as regras devem mudar, a seguir você vai obter mais informações sobre as novas regras do FIES 2018.

Novas Regras FIES 2018

O Ministério da Educação vem anunciando em suas coletivas à imprensa no Palácio do Planalto, discutindo o novo Fies 2018, que será dividido em três modalidades e começa já no ano de 2018. O novo fundo de financiamento estudantil vai ter 310 mil vagas, da quais 100 mil a juros zero, para estudantes com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos.

O presidente da República, elogiou a reformulação do Fies, o Mec vem afirmando que o novo formato mostra o quanto a educação em nosso país é importante para o conhecimento e qualificação da população.

Fies 2018

Dentro das novas normas o Fies 2018 passará a ter juros de até 6,5% no valor da matrícula e novo teto de renda familiar para participar do programa. Os estudantes que estão tentando o financiamento precisam atender aos requisitos mencionados dentro desse artigo, caso contrário não será possível participar do mesmo https://plus.google.com/u/0/109381501213383519158/posts/BK163T2AJmH.

E também de acordo com estas mudanças, os cursos com notas 5 e 4 ofertarão um maior algarismo de vagas. Similarmente foi recomendado pela hall que haverá casos de antecedência para as regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste (exceto Distrito Federal) e em carreiras como engenharia, áreas da saúde e formação de professores.

Aditamento do Fies

Todo período é preciso que os alunos que foram beneficiados pelo financiamento do FIES, realizem um técnica para que possam revitalizar seu acordo.

O achega FIES 2018 é um processamento básico com alteração semestral, devendo ser realizado no inicio de cada período, para dessa maneira garantir o financiamento para o próximo período letivo.

Fies 2018

Nesse texto você pode acompanhar como é possível corporificar seu Fies achega sem ter dor de cabeça, basta seguir as nossas dicas e fique de atenção na data de adesão do FIES 2018, geralmente o tempo para pedidos para o primeiro período acaba em abril e Outubro para as pedidos do de acordo com período, porém os prazos são capazes de variegar.

Lembrando que se acontecer qualquer abertura em acontecer o achega FIES 2018 conseguirá acarretar na redução do vantagem, por isso não perca essa aberta. Ótima Sorte!

SISU – Saiba agora como se inscrever!

Conseguir uma bolsa de estudos em uma boa faculdade é o desejo de muitos estudantes que estão concluindo o ensino médio. E visando ajudá-los, o governo brasileiro criou alguns programas com o intuito de facilitar o ingresso nas Universidades de ensino superior do país, onde os mais conhecidos são o Prouni e o Sisu.

Estes dois programas foram criados com o mesmo propósito, porém ainda há algumas diferenças entre eles. No Prouni, as vagas de bolsas oferecidas são para as Faculdades privadas, enquanto no Sisu participam apenas Faculdades públicas. E vale lembrar que para concorrer a estas oportunidades, os estudantes precisam realizar a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O artigo a seguir foi elaborado especialmente para ajudar os interessados em conseguir uma vaga no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), portanto, se você é um deles, vale a pena conferir o conteúdo a seguir e não deixar nenhuma informação importante passar despercebida. Vamos lá!

Sisu, o que é?

 

O Sisu, para quem não conhece, é a sigla dada pra o Sistema de Seleção Unificada. Este é um método informatizado é administrado pelo Ministério da Educação (MEC) e a através dele, instituições públicas de ensino superior disponibilizam vagas em suas Universidades para os participantes do Enem.

Sisu

Ele possui apenas uma única etapa para que os estudantes possam estar se inscrevendo, onde ao efetuar a inscrição, o candidato deverá selecionar até duas opções de vagas vagas disponibilizadas pelas Universidades participantes do programa.

O acesso ao seus dados cadastrados é realizado utilizando as mesmas informações do cadastro do Enem (nº de inscrição e senha), por isto é muito importante não se esquecer.

Sisu Inscrição

 

Realizar o seu cadastramento Sisu é um processo muito simples, basta que o estudante tenha participado da última edição dom Exame Nacional do Ensino Médio. Deste modo, o mesmo precisará, apenas, informar os dados utilizados no momento da inscrição no Enem.

Todo o procedimento é feito de maneira online no site oficial do programa sisu.mec.gov.br, o que facilita ainda mais o acesso dos jovens estudantes. E ainda na plataforma é possível conferir uma série de informações a respeito do Sisu para não sobrar nenhuma dúvida a respeito do mesmo.

 

Após inscrito, você deverá selecionar duas opções de curso para estar concorrendo a uma vaga. Isto irá depender do resultado do programa e também da sua pontuação obtida no Enem.

Resultado Sisu

 

Assim que a sua nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio for divulgada, você poderá estar buscando alguns sites que calculam automaticamente as notas de corte. Deste modo, você poderá obter uma noção para saber se irá ou não conseguir uma boa chance para a vaga desejada.

SISU

Veja também: https://www.facebook.com/comosedarbemenem/posts/878465942305746.

E para consultar o resultado do Sisu será necessário acessar o site do programa e utilizar as mesmas informações constadas no momento de sua inscrição no Enem. Feito o login, você deverá escolher as opções disponíveis de acordo com as vagas que você deseja.

E vale lembrar que o cadastro no programa so poderá ser realizado apenas uma vez no ano, portanto é essencial ficar atento ao período de inscrições. Não vai querer perder esta oportunidade, não é mesmo?

Conclusão

O Sistema de Seleção Unificada, Sisu, veio para ajudar e favorecer os Jovens estudantes que não tem condições financeiras suficientes para pagar uma Faculdade Privada. Por isto é essencial que, assim que for divulgado uma nova edição do Exame Nacional do Ensino Médio, os estudantes não deixarem de estar se inscrevendo para concorrer a uma bolsa no programa.

Elaboramos este conteúdo com o objetivo de esclarecer todas as suas dúvidas. Mas caso ainda possua algum questionamento a respeito do Sisu, faça um comentário abaixo que responderemos em breve. Obrigado!